Pelo Grupo D, Valério bate Itaúna

Com a vitória pelo placar mínimo, Valeriodoce está classificado

Coimbra vence Arsenal e se aproxima da segunda fase

Arsenal segue sem pontuar na Segundona Mineira

CAP recebe Ituiutabana e perde a quarta na Segundona

Ituiutabana lidera, de forma isolada, o Grupo B

quinta-feira, 5 de maio de 2011

FMF divulga lista de equipes inscritas

A Federação Mineira de Futebol (FMF) divulgou, ao fim da tarde de hoje (5), a lista de equipes inscritas para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão 2011.

16 equipes protocolaram interesse em disputar a competição, que tem início previsto para o mês de agosto.

Veja a lista dos clubes interessados em disputar:
Araguari Atlético Clube – Araguari
Araxá Esporte Clube – Araxá
Arsenal Sport Club – Santa Luzia
Betim Futebol Clube – Betim
Clube Atlético Portal Uberlândia – Uberlândia
Coimbra Esporte Clube – Belo Horizonte
Contagem Esporte Clube – Contagem
Democrata Futebol Clube – Sete Lagoas
Jacutinga Atlético Clube – Jacutinga
Santarritense Futebol Clube – Santa Rita do Sapucaí
Esporte Clube Siderúrgica – Sabará
Social Futebol Clube – Coronel Fabriciano
Tupynambás Futebol Clube – Juiz de Fora
União Luziense Esporte Clube - Santa Luzia
Valeriodoce Esporte Clube – Itabira
Varginha Esporte Clube – Varginha

Em breve a FMF anunciará a data do conselho técnico.

Equipes de Juiz de Fora pretendem disputar a Segundona Mineira 2011

O Sport Club Juiz de Fora e o Tupynambás Futebol Clube, ambos da cidade de Juiz de Fora, estão interessados em disputar o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão 2011. Ambas as equipes enviaram, na última terça-feira (3), representantes a Federação Mineira de Futebol (FMF) com a documentação necessária para se inscrever na Segundona Mineira. A competição vale vaga no Campeonato Mineiro do Módulo II da temporada seguinte.


O Tupynambás, que comemora seu centenário no dia 15 de agosto, é o mais entusiasmado com a disputa. O Baeta, como também é chamado, disputará a qualquer custo a competição. "Vamos participar da Segunda Divisão. Enviamos a documentação e, nos próximos dias, vamos terminar de finalizar as negociações com alguns parceiros. Até por isso, não podemos revelar ainda quem serão. Mas, essas conversas são mais no sentido de qualificar o projeto, poder dar uma estrutura melhor para essa volta do Tupynambás ao futebol profissional e ter possibilidade de contratar algumas peças de mais qualidade para o elenco", disse o técnico Nando Ozório, um dos responsáveis pela parceria que assumiu tanto os profissionais quanto os juniores do Leão do Poço Rico.

Em 2007 o Tupynambás disputou, após 20 anos parado, o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Quem assumiu o clube foi a OP.COM (Organização Panorama de Comunicação), após romper contrato com o Tupi Futebol Clube, outro clube de Juiz de Fora. Naquele ano, a OP.COM levou jogadores rodados em Minas e no Brasil, como é o caso dos atacantes Euller (o ‘’Filho do Vento’’) e Renato Santiago (com passagens por Figueirense, São José/SP, Tupi/MG, etc), mas a equipe ‘’bateu na trave’’ e não conquistou o acesso. Depois o futebol do clube parou, pretendendo reativar nesta temporada.


A situação do Sport Club já é mais complicada. Os diretores acreditam que entrará na disputa somente se conseguirem a verba necessária para formar um bom time e brigar para subir, que é cerca de R$ 85 mil/mês. Caso dispute a competição, será a terceira vez seguida que o Periquito disputará. O vice-presidente do Sport, Márcio Guerra, disse em entrevista coletiva que não fará loucuras para participar. Caso o clube não consiga a verba necessária, não disputará, até mesmo para não colocar o patrimônio do clube em risco e sofrer punições.

Em 2009, após muitos anos parado, o Sport disputou a Segundona Mineira e ficou apenas em quarto no seu grupo na primeira fase. Com isso a equipe não avançou a segunda fase.

Em 2010 a equipe teve um melhor rendimento, mas não o suficiente para subir. O alviverde chegou ao hexagonal final da competição e teria de chegar entre os três primeiros para subir, mas ficou em sexto colocado com apenas cinco pontos.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Tupynambás jogará a Segundona Mineira, afirma dirigente


O Tupynambás Futebol Clube, equipe da cidade de Juiz de Fora e que, no dia 15 de agosto completará 100 anos, disputará o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, afirma o coordenador de futebol do Leão do Poço Rico.

Segundo o coordenador de futebol do clube, Jorge Bug, um novo parceiro está chegando para viabilizar a disputa do Baeta na Segundona Mineira. No ano de seu centenário, os dirigentes do Leão do Poço Rico não querem deixar que a equipe fique sem futebol, mesmo sabendo de todos os custos que a competição proporciona.

‘’Um novo parceiro está chegando. Tudo caminha para a nossa participação. Estamos trabalhando com o time júnior, focando a Segundona’’, disse Jorge Bug, em entrevista a Rádio Globo JF. O coordenador está levando, nesta segunda-feira, todas as documentações necessárias para o registro do clube.

Jorge Bug e Zé Luís, na tentativa de ressurgir com o Baeta
Na Seletiva do Campeonato Mineiro Júnior, o Baeta vai passando por maus momentos. A equipe está no Grupo C, ao lado de Tupi, Sport Club JF (ambos de Juiz de Fora), 1º de Maio (Viçosa) e Progresso (Cachoeira do Campo). Das cinco, três equipes se classificam para a próxima fase, mas a equipe venceu apenas uma partida e não se encontra na zona de classificação. Restam duas partidas para a equipe juiz-forana: contra o 1º de Maio, em Viçosa, e o clássico diante do Sport Club, em casa. A equipe precisa de vencer ambas as partidas e torcer contra os adversários na briga pela classificação.

O treinador do Baeta na Segundona Mineira será Nando Ozório, que comandou o Sport Club JF na Segundona no ano passado e este ano está ao lado de Jorge Bug no projeto de reativar o futebol profissional do Tupynambás.